Criar um Site Grátis Fantástico
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
1





Partilhe este Site...

jesus e sua igreja espiritual

 



Total de visitas: 46098
OS CATÓLICOS SÃO VERDADEIROS CRISTÃOS?
OS CATÓLICOS SÃO VERDADEIROS CRISTÃOS?

Estive observando que o que sustenta a igreja católica apostólica Romana ainda em pé são a veneração aos santos. Se tirarem todas as estátuas de santos da igreja os católicos vão ficar perdido numa rua sem saída sem saber o que vão fazer. Maria por exemplo é uma estátua muito adorada. O católico quando entra na sua igreja a primeira coisa que ele faz é se ajoelhar logo diante da imagens que existem nas lá dentro. As pessoas ficam meditando e acham que aquelas imagens são de santos que estão vivos no céu prontos para aceitar a sua oração e levá-las a Deus.

Diante de tanta devoção aos santos por que 2 milhões de católicos em menos de 5 anos se converteram ao prostestantismo? Já procuraram analisar por que os católicos estão virando evangélicos?

Gente acordem: Os católicos estão descobrindo a verdade depois que passam a ler a bíblia e se você fizer isto será mais um católico a ver que existe muita coisa errada que a igreja católica inventou para atrair seus féis. Leiam a bíblia e vão descobrir a verdade.

Muita coisa foi acrescentada para satisfazer a fé do povo e não procuraram seguir as doutrinas originais dos apóstolos de JESUS CRISTO.

 

Esta doutrina da Igreja católica de Maria Virgem imaculada, que intercede pelos santos junto a Deus, que os santos podem levar nossas orações a Deus é tudo uma mentira. Os católicos que frequentam as igreja não sabem disto e apenas aceitam sem saber da verdade. Maria nunca foi virgem, ela teve outros filhos, Jesus teve irmãos etc…Leiam a bíblia, principalmente o novo testamento e irão conhecer se estou mentindo ou não.

 

Amigos os católicos mais estudados  já perceberam que se esta doutrina fosse verdadeira o novo testamento relataria tal ensino devido a quantidade de pessoas que seguem a Maria hoje. Na bíblia haveria homenagem a Maria, pessoas rezando por ela, ascendendo velas a seus santos mortos, fazendo suas orações como fazem hoje e não haveria dúvidas quanto a questão. Só que a bíblia não fala nada disto. Maria foi esquecida e nenhum dos apóstolos menciona ela nos seus escritos apostólicos.

 

Acontece é que depois que os apóstolos morreram a crença de que Maria era mãe de Deus, imaculada, virgem sem pecado, mãe de todos os santos, rainha do céu, intercessora entre Deus e os homens veio a existir depois que todos aqueles que nos entregaram as doutrinas de Jesus morreram. Portanto os primeiros seguidores de Jesus não veneravam Maria como se faz hoje na igreja católica. O foco era apenas levar a mensagem de Jesus Cristo, suas curas, suas doutrinas de amor, que ele era o filho de Deus, salvador de todos, falar da sua ressurreição, que ele tinha ressucitado dentre os mortos, que era o messias prometido a Israel e ao mundo inteiro e que voltaria um dia para buscar suas ovelhas. Será que os protestantes iriam inventar tal questão propagando uma mentira para serem intitulados de mentirosos?

Muitos dentro do Cristianismo foram contagiados pelas crenças pagãs que adoravam deuses que tinham mães e muitos levaram esta crença para dentro do Cristianismo de que Maria poderia ser Mãe de Deus. Começaram então a idolatrar Maria mãe de Jesus e começaram a dizer coisas que Jesus e seus apóstolos nunca ensinaram. Leiam a bíblia que vocês irão detectar a verdade. Diante disto os cristãos começaram a idolatrar Maria e a venerá-la como virgem santa sem pecado intercessora entre Deus e os homens. Este dogma foi facilmente aceito pelos cristãos que em se tratando de mãe a doutrina envolveu muita gente. Áliás mãe é mãe e isto sentimentaliza muita gente.

A igreja católica Romana sabia que esta doutrina na qual não tinha sido ainda aprovada nos concílios já era praticada entre os cristãos da época e os bispos e todos os líderes da igreja já estavam se encomodando com isto a ponto de haver muito desentendimento quanto a crença que os cristão estavam adotando. Até mesmo os líderes católicos eram divididos quanto a questão.

                         

A Imaculada Conceição é, segundo o dogma católico, a concepção da Virgem Maria sem mancha (em latim, macula ) do pecado original. O dogma diz que, desde o primeiro instante de sua existência, a Virgem Maria foi preservada por Deus, da falta de graça santificante que aflige a humanidade, porque ela estava cheia de graça divina. Também professa que a Virgem Maria viveu uma vida completamente livre de pecado.

A festa da Imaculada Conceição, comemorada em 8 de dezembro, foi definida como uma festa universal em 28 de Fevereiro de 1476 pelo Papa Sisto IV.

A Imaculada Conceição foi solenemente definida como dogma pelo Papa Pio IX em sua bula Ineffabilis Deus2 em 8 de Dezembro de 1854. A Igreja Católica considera que o dogma é apoiado pela Bíblia (por exemplo, Maria sendo cumprimentada pelo Anjo Gabriel como "cheia de graça"), bem como pelos escritos dos Padres da Igreja, como Irineu de Lyon e Ambrósio de Milão3 4 . Uma vez que Jesus tornou-se encarnado no ventre da Virgem Maria, era necessário que ela estivesse completamente livre de pecado para poder gerar seu Filho .



A história também diz que nem o papa da sua época compareceu ao concílio ao Dogma, mas disse que não queria se envolver com a questão e deixou para os bispos resolverem a parada. Ele apenas assinou os documentos  depois. Um grupo de católicos que defendia ao dogma apoiado pelo Imperador conseguiram o apoio da maioria, afinal de contas o comércio circulava dentro das igrejas com a venda de indulgências e o dogma crescendo cada mais mais eles não tiveram como conter o avanço e com certeza ficaram com Medo de perder seus fiéis.

 

Assim irmãos como discutimos hoje estes dogmas da igreja católica, naquele época já se discutia também, pois uns eram de acordo e outros contras. Por fima igreja católica deu mais valor a crença do povo do que cortar o mau pela raiz. Se o dogma surgisse de dentro dos concílios e o povo não praticasse com certeza a igreja puniria os hereges. Por fim a ICAR acrescentou mais uma heresia dentro de sua igreja que não tinha este sacramento no início da igreja apostólica.

 

Depois para se desculparem depois ficam arrumando um versículo aqui e outro ali para afirmarem que a doutrina está dentro da bília, mas ora bolas: Por que ela não era realizada de uma forma visível entre os cristãos dos primeiros século após a morte de Maria para não dividir a igreja em opiniões? Observa que quando uma doutrina está dividida é porque ela não era praticada e sim surgiu depois.

O apóstolo Paulo disse que até que até mesmo um anjo viesse do céu com outra doutrina que era para ser considerado anátema, então porque a igreja acrescentou uma doutrina que Jesus não revelou a Paulo? Amados sabem o que significam estas frases: “ATÉ QUE UM ANJO DESÇA DO CÉU?”. Isto significa entender que o diabo pode descer de algum lugar aparentando ser do céu, transformando-se em anjo de luz para enganar a igreja de Jesus Cristo. E foi isto que aconteceu ao catolicismo Romano. Portanto quando eu digo que a igreja católica eclesiástica é uma das bestas do Apocalipse não é a toa que estou afirmando.

 

Depois aparece alguns teólogos para defender a heresia católica pregando que a única regra de fé não é a bília e que Deus confiou na tradição para a sequência da igreja, entrando assim em contradição com o que o Apóstolo Paulo falou.

Para finalizar este tema estive pesquisando que muitos estudiosos do passado começaram a investigar as escrituras e encontraram meios para poderem aprovar a crença da virgem Maria e afirmarem que ela é bíblica. Criaram então uma verdade que Maria e José não tiveram mais filhos, que ela permaneceu virgem, que seria a quarta pessoa da trindade, que os filhos de Maria eram na verdade primos de Jesus e outros ajustem para favorecer a crença dos fiéis. Afinal de contas homenagear Jesus com uma mãe não era um dogma tão ridículo assim. Jesus merece ter uma mãe e Maria também por ter sido agraciada pelo anjo. Todas as gerações me considerarão bem aventurada. “Pronto isto foi o bastante”. Por fim a igreja teve que arrumar um jeito de conter aquele avanço em massa da crença que entrou dentro da igreja e o único meio achado era aprovar a situação.

 

Amados e irmãos católicos: Não pensem vocês que os evangélicos odeiam Maria. Pelo contrário: Nós protestantes amamos a Maria sim. Boatos andam sendo divulgados pela internet que os protestantes odeiam a igreja católica o que não é verdade. Se isto fosse verdade nós não chegaríamos nem perto de vocês, mas apenas estamos obedecendo as palavras de Jesus que disse: IDE POR TODO O MUNDO E PREGAI O EVANGELHO A TODA CRIATURA. Com isto amados as pesquisas dizem que o catolicismo teve uma baixa de 2 milhões de fiéis para o prostestantismo. Existem milhões de pessoas se dizendo católico apenas por tradição, mas que nunca frequentam suas igrejas e só aparecem lá quando tem uma festa de casamento, batismo, primeira comunhão, etc…, fora disto voltam para o mundo e vivem como se fosse qualquer pessoa pagã. Acordam pela manhã, fazem o sinal da cruz, colocam o pé na rua e cada um por si e Deus por todos. Graças a Deus ele pela sua soberania ele nos deixou a igreja católica Romana pois se não fossem eles como estaria este mundo? No entanto é melhor se dizer católico do que não ter nenhuma religião. Em contraste a isto os católicos não levam a sua religiosidade muito a sério e eu sou prova disto, pois trabalho dentro dela como porteiro da igreja. Os católicos gostam de fofocas, ficam inventando que o padre faz isto, faz aquilo, que o padre tá saindo com alguém, que a mulher só vai a igreja por que quer o padre. Os jovens vão ao catecismo, mas depois vivem a vida como fossem pessoas não cristãs e ao que me parece seu momento de fé é reduzido apenas a um cruto espaço de tempo quando se tentam sincronizar com Deus. Passou aquele momento é pé na rua.

Por isto pregamos também a aqueles católicos que estão dentro de suas igrejas por que nós protestantes vemos que muita coisa precisa ser consertada dentro da igreja católica. Os padres não são muito de ficar em cima dos fiéis e apenas dão conselhos e os católicos se sentem bem com isto, afinal de contas todos já são adultos para saber o que é certo ou errado. Para os católicos tudo tem limites e não impedem de os católicos fazerem nada dentro dos limites exigido para o bem da pessoa. Portanto eles podem brincar carnaval, beber uma cervejinha, um copo de vinho, desde que tudo seja dentro dos limites. Já ví depoimentos de católicos que dizem que não vão para a igreja de crente por que lá não podem fazer tudo que querem. O que entendemos com isto? Não é preciso dizer mais nada. O católico gosta de viver sua vida fazendo de tudo dentro dos limites sem serem incomodados, mas quem é seguro para andar nos limites? A nossa carne é doente e por isto Jesus disse que é para abandonarmos os desejos na carne para andar no espírito. Isto é: É preciso nascer do espírito e mortificar os desejos da carne.

Pesquisas dizem que católicos estão longe de serem cristãos e são considerados seitas. Os católicos falam algumas verdade nos seus momentos de fé, mas depois voltam a estaca zero. Os católicos são considerados uma igreja doente que precisa imediatamente se libertar do mundo carnal e os protestantes estão aí para isto.

Sabem por que os católicos são deste jeito? Por que os próprios padres se envolveram em pedofilia, inquisição, vendas de indulgências etc... Com certeza os pai de seus filhos já estavam com medo de levar seus filhos para a igreja. Muitos já não iam mais para a igreja, perdiam a sua fé etc. Quando a igreja começou a se dividir com o prostestantismo, já era tarde demais e muitos já diziam que igreja era comércio e para o terror do povo gentio muitos católicos já tinham assinado sua descrença

Eu sei que muitos católicos vão atacar os falsos crentes, mas os protestantes são mais rígidos quanto a questão de quando alguém erra. Quando um católico erra ninguém fala mais nada, mas quando um protestante erra o povo cai em cima.

Vamos ao debate.